Windows 10X é cancelado pela Microsoft; entenda o por quê

O Windows 10X, principal concorrente ao Chrome OS, foi cancelado nesta semana pela Microsoft. O sistema deixará de receber atualizações e terá seus principais recursos incorporados pelo Windows 10.

Interface do Windows 10X.

O Windows 10X era a proposta da Microsoft para concorrer diretamente com o Chrome OS e ser um dos sistemas operacionais destinados a máquinas com um hardware não tão potente. O sistema foi anunciado pela primeira vez no final de 2019, durante o evento Surface, onde na ocasião foi revelado o Surface Duo. Desde o início do desenvolvimento do novo SO, ficou claro que ele irá oferecer suporte para diversos formatos de máquinas, chegando como uma versão “light” do Windows.

Projeto cancelado

A empresa anunciou em seu blog em uma publicação que anuncia a chegada do Windows 10 21H1 (atualização do mês de maio) o cancelamento do Windows 10X, projeto que desde 2020 vem sendo deixado em segundo plano pela Microsoft e que foi encerrado oficialmente nesta semana.

Apesar disso, foi informado pela empresa que os principais recursos do sistema ‘mais leve’ serão integrados ao Windows e outros produtos, por isso começou a implementar alguns deles nas compilações de visualização do Windows Insider, como a experiência aprimorada de Digitação por Voz e um teclado de virtual com tamanho de tecla otimizado, sons, cores e animações.

Interface do Windows 10X. (Fonte: windowslatest).

O cancelamento do Windows 10X faz com que o Chrome OS seja o principal sistema operacional disponível para laptops com hardware básico, disponibilizando para o usuário apenas as funções essenciais para navegação na web e edição de texto, disponibilizando uma experiência simples e intuitiva. Por ora o sistema foi de fato cancelado, mas nada impede que a Microsoft retome o desenvolvimento e distribuição nos próximos anos.

“Após um ano inteiro de exploração e conversas com os clientes, percebemos que a tecnologia do Windows 10X poderia ser mais útil em outros meios e em mais consumidores do que imaginávamos originalmente”, afirmou a empresa em seu blog.