TikTok apagou mais de 7 milhões de contas de crianças

50

O TikTok conquistou grande parte da sua popularidade durante o confinamento provocado pela pandemia. Trata-se de uma rede social chinesa onde os utilizadores podem partilhar com o mundo pequenos vídeos.

No entanto, a plataforma tem sido alvo de duras críticas que põem em causa a sua segurança no que respeita às crianças. E segundo os dados divulgados, o TikTok apagou recentemente mais de 7 milhões de contas que pertenciam a menores de idade.

Apesar da popularidade, várias vezes o TikTok esteve debaixo de fogo devido às muitas dúvidas que a sua segurança e proteção da privacidade suscitam.

Uma das consequências mais marcantes foi o bloqueio da app nos EUA, por ordem do ex-presidente Donald Trump, alegando que a plataforma poderia comprometer a segurança nacional da população. No entanto, a atual administração de Joe Biden já anulou este bloqueio, apesar de manter o escrutínio para determinar se o TikTok pode representar alguma ameaça.

Publicações Relacionadas

Outro dos problemas que a rede social tem enfrentado são as constantes acusações de que não é segura para os mais novos. E também que não se preocupa em estar atenta à criação de contas de menores. Além disso, alguns desafios mais perigosos já colocaram crianças em situações de risco, o que reforça ainda mais estas preocupações.

TikTok apagou mais de 7 milhões de contas de menores

Apesar de apenas ser possível criar conta com 13 anos de idade, não é novidade para ninguém que muitos utilizadores menores de idade mentem nesta informação para conseguirem fazer parte de algumas redes sociais.

De acordo com o primeiro relatório de transparência de 2021 do TikTok, respeitante aos três primeiros meses do ano, a plataforma chinesa apagou um total de 11.149.514 contas que violavam as Diretrizes da Comunidade ou os Termos de Serviço. Destas, 7.263.952 respeitavam a potenciais perfis de utilizadores menores de 13 anos. Este número corresponde a menos de 1% to total de contas no TikTok.

Para além deste dado, a plataforma revelou também que 61.951.327 vídeos foram removidos por violarem as Diretrizes da Comunidade ou Termos de Serviço, o que representa menos de 1% de todos os vídeos publicados no TikTok. A rede social adianta que 82% desses vídeos foram removidos antes de terem qualquer visualização, 91% antes de qualquer denúncia e 93% dentro de 24 horas após serem publicados.

Por fim, 1.921.900 anúncios foram rejeitados por violarem as políticas e diretrizes de publicidade. E 71.470.161 contas foram impedidas de ser criadas através de sistemas automáticos.

você pode gostar também