TecBan registra maior crescimento mundial no número de caixas eletrônicos entre as empresas de autoatendimento

25

A TecBan acaba de se tornar a terceira maior empresa mundial em número de caixas eletrônicos entre as redes independentes de autoatendimento. O dado é do estudo realizado pela RBR, referência mundial em pesquisa e consultoria em meios de pagamento e automação bancária. Em 2020, o número de caixas eletrônicos acompanhou a necessidade por meio circulante em todo o mundo.

Segundo a RBR, apesar de as remessas globais de equipamentos de autoatendimentos terem caído 14% em 2020, a previsão é de uma recuperação gradual com o controle da pandemia. “Cada país respondeu de uma forma diferente. Mercados, como Índia e China, tiveram quedas significativas, enquanto outros como Japão, Tailândia, Indonésia e Egito apontaram crescimento”, afirma Dominic Hirsch, diretor-executivo da RBR.

De acordo com Josh Swarbrick, analista sênior de Pesquisa da RBR, caixas dispensadores de dinheiro têm sido substituídos por recicladores em muitos países. Como resultado, a proporção de caixas eletrônicos recicladores de dinheiro aumentou. “Os Estados Unidos, por exemplo, tiveram o dobro de caixas recicladores enviados em 2020.”

Para Alex Mapple, analista sênior de Pesquisa da RBR, o mercado latino-americano continua a ser um dos principais consumidores de caixas eletrônicos. “A maioria dos países da América Latina ainda tem potencial de crescimento adicional, devido à alta demanda por dinheiro físico e grandes populações desbancarizadas nessas regiões, principalmente o Brasil”, aponta.

Para a TecBan, os índices trazidos pelo estudo da RBR confirmam os bons resultados da companhia e o papel fundamental de proporcionar a inclusão financeira aos brasileiros. O volume de dinheiro sacado nos caixas eletrônicos do Banco24Horas nos primeiros seis meses de 2021 atingiu a marca de R$ 185 bilhões, o que representa um aumento de quase 5% comparado ao volume atingido no mesmo período de 2020. Isto demonstra a relevância e todo o esforço da empresa para ajudar a garantir o acesso ao dinheiro para a população, independentemente da classe social.