Por que o seu negócio precisa de Kubernetes para uma proteção de dados mais proativa?

39

O Kubernetes é vital para os negócios que estão se antecipando ao futuro e protegê-lo adequadamente é uma garantia que você está preparado para os desafios digitais que ainda estão por vir

Nos últimos anos, testemunhamos um processo de digitalização intenso em boa parte das empresas de todos os portes e segmentos mundo afora. Embora esse avanço já estivesse previsto, foi significativamente acelerado pela pandemia do novo Coronavírus. À medida que os negócios se adaptam a essa nova era, a infraestrutura de TI continua evoluindo e se ajustando às suas novas necessidades, especialmente a forma como os profissionais trabalham para levar mais agilidade, flexibilidade e segurança para as companhias.

Essa nova demanda fez com que novas tecnologias surgissem, a fim de melhorar a qualidade, aumentar a escalabilidade e acelerar o fornecimento de aplicações para os negócios. Uma das tendências são os chamados contêineres, utilizados para “empacotar” um conjunto de aplicações e facilitar a transição entre os diferentes ambientes da TI. Segundo o Gartner, 75% das empresas devem usar a conteinerização até 2022, enquanto o 451 Group estima que 95% de todas as novas aplicações corporativas usam a metodologia.

As vantagens ao utilizar esse conceito são inúmeras. A análise da VMware indica que os clientes esperam um aumento de 37% em produtividade de desenvolvedores, 78% em eficiência operacional, 93% na escalabilidade de plataforma e 92% de redução de tempo para aplicação de patches na plataforma. Todos esses benefícios resultam em mais agilidade para os negócios com um custo reduzido das operações. É diante desse contexto que Kubernetes se tornou tão importante para as empresas.

Publicações Relacionadas

Kubernetes é uma plataforma de código aberto desenvolvida pelos engenheiros do Google para gerenciar e orquestrar esses contêineres e levar mais eficiência para os times de desenvolvimento. O objetivo é tornar os contêineres um processo automatizado e com menos complexidade de forma a serem acessados de qualquer lugar. No entanto, para que essa tecnologia garanta todos os benefícios e as vantagens prometidas, ela precisa ser devidamente gerenciada e protegida.

Os ataques cibernéticos estão cada vez mais sofisticados e capazes de atingir as infraestruturas críticas das organizações. As estratégias de segurança tradicionais já não são mais suficientes para inibir os ciberataques, sendo necessário uma abordagem inovadora e avançada de proteção de dados moderna. O objetivo é fazer com que, mesmo se uma empresa é atacada, consiga mitigar os riscos e manter a continuidade dos negócios. Por isso o backup, por exemplo, permanece como um pilar fundamental em qualquer plano de segurança da informação. Com o Kubernetes não é diferente.

Finalmente, as empresas estão entendendo que não dá para proteger Kubernetes da forma como vinham fazendo e a demanda por um software que entenda, gerencie e proteja esses workloads nativamente é uma grande tendência entre as organizações. Felizmente, já existe no mercado plataformas capazes de oferecer às equipes de operações corporativas um sistema fácil de usar e escalável para o backup do Kubernetes, que o protege com as características que ele demanda, não da maneira tradicional, incluindo criptografia de nível corporativo, funções de gerenciamento de identidade e acesso e muito mais.

O Kubernetes é vital para os negócios que estão se antecipando ao futuro e protegê-lo adequadamente é uma garantia que você está preparado para os desafios digitais que ainda estão por vir.

*Elder Jascolka é country manager da Veeam no Brasil

você pode gostar também