Os data centers estão ficando mais sustentáveis

28

Vertiv implementa tecnologias de ponta nas instalações da norueguesa Green Mountain para reduzir pegada de carbono

A Vertiv, provedora global de infraestrutura digital crítica e soluções de continuidade, e o provedor de colocation norueguês Green Mountain anunciaram uma implementação de tecnologias de ponta para aumentar ainda mais a eficiência e a sustentabilidade do que já existia entre os data centers mais verdes do mundo.

Com base em uma antiga instalação da OTAN escavada no fundo de uma montanha, o data center DC1-Stavanger funciona com energia hidrelétrica 100% renovável e é resfriado com água do fiorde, que fornece uma temperatura contínua de 8 °C durante todo o ano. A localização exclusiva oferece uma grande vantagem em aproveitar as fontes de energia renováveis e minimizar o equipamento de resfriamento para operações de CO2 próximas de zero. No entanto, como todos os data centers, ele requer fontes de alimentação ininterrupta (UPS) e sistemas de gerenciamento térmico para manter o tempo de atividade ideal.

Para a Green Mountain, a sustentabilidade dos produtos e dos fornecedores é um fator fundamental na compra de novos equipamentos

Publicações Relacionadas

“A sustentabilidade afeta tudo o que fazemos e a sustentabilidade é muito importante sempre que construímos novos centros de localização e temos novos recursos neles”, disse Alexander de Flon Rønning, gerente de Projeto e Produto da Green Mountain. “Todos os clientes podem ver de onde obtemos nossa energia. É um diferencial importante para nós”, comentou.

“O Pacto de Data Center Neutro do Clima, assinado pelas principais operadoras europeias de Nuvem e data center, representa o mais recente compromisso da indústria para reduzir sua pegada ambiental. Uma transição eficaz para um futuro sustentável e digital exigirá a implantação de novas instalações de data center de última geração e a atualização dos locais existentes para aproveitar as tecnologias mais recentes e eficientes. A Vertiv tem orgulho de apoiar esse esforço”, disse Giordano Albertazzi, presidente para a Europa, Oriente Médio e África da Vertiv.

Após uma extensa pesquisa, os executivos da Green Mountain visitaram os Centros de Experiência do Cliente Vertiv na Itália para ver as tecnologias em ação e testar o desempenho em condições de pico. Como resultado, a Green Mountain escolheu unidades de perímetro de água gelada Vertiv Liebert PCW de alta eficiência, para uma capacidade de refrigeração instalada total de 5 MW. Liebert PCW fornece padrões de alta eficiência graças a uma combinação das tecnologias mais recentes e um design interno que otimiza a aerodinâmica de todos os componentes internos. A Vertiv também foi escolhida como fornecedora de sistemas UPS para outro projeto implantado em paralelo, fornecendo vários Liebert EXL S1 Sistemas UPS, com suporte de bateria de íon-lítio, uma alternativa de vida mais longa aos sistemas tradicionais de bateria VRLA.

“Para a Green Mountain, a sustentabilidade dos produtos e dos fornecedores é um fator fundamental na compra de novos equipamentos. As tecnologias Vertiv são as mais eficientes em termos de energia que já vi, e isso vai melhorar ainda mais nossa sustentabilidade geral, que já tem uma classificação extremamente alta”, comentou de Flon Rønning. Além disso, os sistemas da Vertiv são extremamente compactos. “Visto que nosso data center está localizado em uma montanha, não temos salas extras”, disse de Flon Rønning. “Não poderíamos invadir mais a montanha para criar mais espaço para equipamentos de data center”, afirmou.

“Gerenciar o projeto durante a Covid-19 foi difícil”, acrescentou Rønning. “Estávamos preocupados com o fechamento de todas as fábricas e entregas. Felizmente, a Vertiv intensificou e ajudou, entre outras coisas, rastreando as remessas e garantindo que o equipamento fosse entregue sem problemas, apesar das fronteiras fechadas e dos desafios logísticos. Se a Vertiv não tivesse ajudado com os embarques, não poderíamos ter concluído o projeto a tempo”, enfatizou.

De acordo com a Agência Internacional de Energia Renovável (IRENA), os data centers desempenham um papel fundamental por estarem no epicentro da inovação tecnológica, eficiência energética, energias renováveis e economia de dados possibilitada pela digitalização. Operadoras de data center como a Green Mountain podem ser tomadas como um modelo para acelerar a transição de energia sustentável e abrir um caminho que outras indústrias famintas de energia poderiam seguir.

você pode gostar também