Open source é principal ferramenta para a Transformação Digital, aponta Red Hat

Essa visão se encaixa bem com o segundo principal benefício observado pelas corporações: o acesso à inovação

A Transformação Digital que já vinha em curso no mercado corporativo há alguns anos se acelerou ainda mais com a pandemia, o que exigiu uma importante adaptação das empresas. Para atender às rápidas mudanças e alavancar seus negócios, as companhias apostaram no open source. Levantamento realizado pela Red Hat, empresa global no fornecimento de soluções open source, ouviu mais de 1250 líderes de TI em todo mundo e identificou que mais da metade deles (54%) enxerga o open source empresarial como importante ferramenta para alavancar a Transformação Digital. O relatório The 2021 State of Enterprise Open Source, mostrou que categorias fortemente relacionadas às tecnologias de código aberto, como desenvolvimento de aplicações e DevOps, também são consideradas essenciais para o avanço das organizações.Segurança é, de certa maneira, uma forma de qualidade 

As empresas seguem implementando o open source empresarial para a modernização de suas infraestruturas. Anteriormente visto apenas como uma alternativa boa e mais barata em relação ao software proprietário, hoje é encarado como uma opção genuinamente melhor em qualidade. Essa visão se encaixa bem com o segundo principal benefício observado pelas corporações: o acesso à inovação.

Além da qualidade, segurança
Segurança é, de certa maneira, uma forma de qualidade. Mas a terceira colocada na lista de benefícios citada pelos respondentes deve ser considerada de forma separada por uma série de motivos. Primeiro, porque é um tema em alta. Segundo, porque seu o impacto na disponibilidade do código-fonte com base em analogias com a segurança física costumava ser um motivo de debate. Essa visão, no entanto, está desaparecendo aos poucos: 87% dos líderes ouvidos consideram o open source empresarial como “mais seguro” ou “tão seguro” quanto o software proprietário.

Pouco mais de 80% dos participantes da pesquisa indicam que o código aberto empresarial é “uma parte fundamental da estratégia de segurança da organização”. Já 75% dizem que confiam no open source empresarial por que ele passa por “[…] um rigoroso processo de vetos e testes comerciais para garantir a qualidade do código.”

De onde vem a inovação
Comunidades de software open source são onde boa parte da inovação ocorre. Basta vislumbrar todos os projetos de código aberto nos ambientes nativos em Nuvem para ter uma ideia disso. Os números de nossa pesquisa confirmam esta percepção, e o open source empresarial fornece o caminho para que as empresas usem toda esta inovação de forma segura.

Para entregar open source empresarial aos clientes de forma mais eficaz é preciso que o fornecedor participe ativamente nos projetos desde a fase upstream, o que importa bastante aos líderes de TI ouvidos: 38% são “muito mais propensos” a escolher um fornecedor que contribui, enquanto outros 45% são “ligeiramente mais propensos” a fazê-lo.

Em resumo, os líderes de TI veem o software de código aberto como um software superior, com mais qualidade, inovação e segurança que suas alternativas proprietárias. Além disso, apreciam muito que o valor total das soluções abertas seja gerado por meio de fornecedores que participam ativamente do modelo de desenvolvimento, em vez de apenas empacotar novamente o código. Um reconhecimento de que o open source empresarial é, cada vez mais, o futuro do software.

Acesse o relatório completo: https://red.ht/3sNpLWc.