Microsoft resolve finalmente o problema dos monitores e das apps que se desarrumam

Mesmo com todo o cuidado e atenção que a Microsoft coloca no desenvolvimento do Windows 10, este tem alguns comportamentos únicos. São situações pontuais, mas que incomodam muitos os utilizadores, por serem repetitivas e não terem uma solução.

Pois a Microsoft parece agora dedicada a terminar com uma das mais incômodas, associada a situações em que se usa um segundo monitor. As apps que mudavam constantemente de posição vão finalmente ficar onde devem.

Este não é um problema novo e há já muito que se sabe que ele existe no Windows 10. Sempre que se usa um segundo monitor, algo normal a quem usa um PC portátil, ao desbloquear o Windows 10 as apps abertas mudam de monitor, sem qualquer razão aparente.

Este comportamento é naturalmente indesejado e contrário ao que os utilizadores pretendem do Windows 10. Obriga a que estes estejam constantemente a arrumar as suas apps nos diferentes espaços disponíveis, algo que não deveria ser necessário.

As soluções para este problema têm surgido de forma periódica, mas sem nunca a resolver de forma definitiva. O problema está identificado como Rapid Hot Plug Detect, conforme descrito pela Microsoft, que aparentemente é ativado sempre que o Windows 10 é bloqueado e desbloqueado.

Mas a Microsoft terá conseguido ultrapassar esta situação e lançou uma correção para este problema bem conhecido. Vai finalmente garantir que as janelas das apps ficam no seu monitor original e não os utilizadores deixam de ter de rearrumar a sua posição.

Por agora, e como é normal no Windows 10 e na Microsoft, estará em testes no Programa Insiders durante algum tempo. Após esta maturação, irá ser lançada para todos os utilizadores, que assim ficam livres deste problema tão bem conhecido.

Ainda sem qualquer certeza, esta novidade deverá chegar no final do ano ao Windows 10. Será possível resolver problemas com portáteis ou com desktops, desde que tenham um monitor adicional presente, independente da marca ou modelo quer do PC, quer dos monitores