Infraestrutura em nuvem da Oracle cresce acima de 100%

84

A Oracle Corporation anunciou nesta quarta-feira, 16, os resultados do quarto trimestre do ano fiscal de 2021. As receitas trimestrais totais aumentaram 8% ano a ano, para US$ 11,2 bilhões. As receitas de serviços em nuvem e suporte de licença aumentaram 8%, para US$ 7,4 bilhões. As receitas de licença de nuvem e licença local aumentaram 9%, para US? 2,1 bilhões.

A receita operacional GAAP do quarto trimestre aumentou 5%, para US$ 4,5 bilhões, e a margem operacional GAAP foi de 40%. A receita operacional não-GAAP aumentou 6%, para US$ 5,4 bilhões, e a margem operacional não-GAAP foi de 49%. O lucro líquido GAAP aumentou 29%, para US? 4,0 bilhões, e o lucro GAAP por ação aumentou 39%, para US$ 1,37. O lucro líquido não-GAAP aumentou 20%, para US$ 4,5 bilhões, e o lucro não-GAAP por ação aumentou 29%, para US? 1,54.

As receitas diferidas de curto prazo aumentaram 10% em relação ao ano passado, para US? 8,8 bilhões. O fluxo de caixa operacional aumentou 21%, para um recorde de US$ 15,9 bilhões durante os últimos doze meses.

Publicações Relacionadas

As receitas totais do ano fiscal de 2021 aumentaram 4% ano a ano, para US$ 40,5 bilhões. As receitas de serviços em nuvem e suporte de licença aumentaram 5%, para US$ 28,7 bilhões. As receitas de licença de nuvem e licença local aumentaram 5%, para US$ 5,4 bilhões.

A receita operacional GAAP do ano fiscal de 2021 aumentou 9%, para US$ 15,2 bilhões, e a margem operacional GAAP foi de 38%. A receita operacional não-GAAP aumentou 9%, para US$ 19,0 bilhões, e a margem operacional não-GAAP foi de 47%. O lucro líquido GAAP aumentou 36%, para US$ 13,7 bilhões, enquanto o lucro líquido não-GAA aumentou 11%, para US$ 14,1 bilhões.

O lucro GAAP por ação aumentou 48% para US$ 4,55, enquanto o lucro não-GAAP por ação aumentou 21%, para US$ 4,67.

você pode gostar também