IBM leva inteligência à publicidade em serviços de streaming

27

O IBM Watson Advertising Accelerator permite a personalização dos anúncios para o espectador, melhorando os resultados da campanha

A IBM anunciou nesta quinta-feira (29/4) a expansão do IBM Watson Advertising Accelerator para OTT (Over the Top, uma plataforma de distribuição de conteúdo pela Internet) e vídeo, projetado para ajudar os profissionais de marketing a ir além da relevância contextual. O Accelerator visa alavancar a Inteligência Artificial (IA) para otimizar dinamicamente o anúncio OTT para resultados de campanha aprimorados em escala, independentemente de identificadores de publicidade tradicionais. Embora seja compatível com a maioria das plataformas de streaming, a IBM tem uma parceria próxima com a Xandr, provedora de soluções de vídeo convergentes e programáticas, para ajudar na adoção de escala do Accelerator.

Publicações Relacionadas

O Accelerator foi projetado para ajudar as marcas a tornarem suas campanhas eficazes, ter um desempenho em relação às metas de negócios e obter resultados e percepções mensuráveis

De acordo com o eMarketer, em 2020 os lares que utilizam serviços de streaming superaram os lares de cabo tradicionais pela primeira vez, e 27% dos lares de cabo deverão mudar em 2021. Com esse crescimento, muitas marcas podem buscar aumentar seus orçamentos de anúncios de streaming para melhor direcionar seus grupos principais. De acordo com uma pesquisa realizada pelo IAB, no final do primeiro trimestre de 2021, os compradores de mídia planejam aumentar os gastos nos EUA com vídeo digital, incluindo CTV/OTT, para 20% de seus orçamentos de mídia totais neste ano. Neste sentido, o IBM Watson Advertising Accelerator permite que as marcas personalizem os anúncios no nível de impressão individual, permitindo a personalização para o espectador com o objetivo de melhorar os resultados da campanha para as marcas, traduzindo-se em uma vitória para consumidores, plataformas e anunciantes.

Originalmente projetado para exibir publicidade, o IBM Watson Advertising Accelerator agora também traz recursos orientados por IA para campanhas de vídeo e OTT. Ele usa o IBM Watson AI para processar e acionar sinais de dados em tempo real e para montar anúncios dinamicamente para ajudar as marcas a melhorar as campanhas. O acelerador elimina o trabalho manual da configuração do criativo dinâmico. Ativos criativos, como diferentes faixas de música, sequências de vídeo, locuções e cartões finais para vídeo, são organizados e alimentados no Accelerator. Ele também aproveita a IA para prever e gerar variações de anúncios no nível da impressão, usando o Watson Machine Learning para analisar sinais de dados sem cookies para prever e subsequentemente montar um criativo de vídeo personalizado para cada impressão com base na probabilidade de um consumidor converter em um KPI. Para OTT, os KPIs abrangem a taxa de conclusão de vídeo (VCR), várias ações no site da marca e instalações de aplicativos.

Todos esses recursos podem ajudar as equipes de marketing a testar e derivar percepções do público de uma infinidade de variáveis criativas diferentes para melhorar o desempenho da campanha. “As marcas continuam a seguir seus consumidores para OTT e CTV, especialmente agora que o público de streaming cresce em todas as faixas etárias. No entanto, as marcas são frequentemente confrontadas com restrições de recursos criativos, fragmentação e desafios de medição e frequência. O mercado precisa de soluções avançadas tecnologia para ajudar a fornecer criativos ideais em escala, e a IBM vê a IA como a solução”, disse David Olesnevich , chefe de Produto da IBM Watson Advertising. “O Accelerator foi projetado para ajudar as marcas a tornarem suas campanhas eficazes, ter um desempenho em relação às metas de negócios e obter resultados e percepções mensuráveis. Tudo em escala – o que requer trabalhar em conjunto com líderes do setor. Usando o Watson AI, os profissionais de marketing agora podem desenvolver criativos OTT personalizados para cada usuário em última análise, ajuda a melhorar o desempenho da campanha com o tempo”, afirmou.

você pode gostar também