Ex-funcionárias da Microsoft dizem que Bill Gates “gritava com todos”

13

Bill Gates dispensa apresentações e é uma das personalidades mais conhecidas no mundo da tecnologia e também ao nível global. O fundador da Microsoft é também conhecido por se envolver em causas, tendo um papel marcante até mesmo na pandemia da COVID-19.

No entanto há quem destaque que o filantropo tem um outro lado, que não é revelado para a comunicação social. Segundo o relato de algumas ex-funcionárias da Microsoft, Bill Gates era temperamental e “gritava com todos”.

Bill Gates era temperamental, dizem ex-funcionárias da Microsoft

Recentemente todos recebemos com surpresa a notícia de que Bill Gates e Melinda Gates se iriam divorciar. Depois que deixou a chefia da Microsoft, o magnata dedicou grande parte do seu tempo à fundação que criou com a ex-mulher, Bill & Melinda Gates. No entanto o casal anunciou a decisão da separação em maio de 2021. E depois disso surgiram alguns boatos e relatos menos abonatórios sobre Bill Gates.

Para além disso, recentemente quatro ex-funcionárias da Microsoft afirmaram ao Business Insider que Gates tem um outro lado, diferente daquele que é conhecido da população em geral. De acordo com as afirmações das ex-trabalhadoras, que optaram por manter o anonimato, o milionário era uma pessoa impetuosa e temperamental, referindo que “ter uma reunião com Bill Gates era apenas uma oportunidade para gritar”.

Publicações Relacionadas

Controle sobre os funcionários

Segundo o que foi indicado, Bill era conhecido entre alguns por repreender os seus trabalhadores. Tinha alegadamente uma postura de controlo sobre os funcionários e até as matrículas dos carros memorizava.

Também Maria Klawe, membro do conselho da Microsoft de 2009 a 2015, disse à Insider que as sugestões sobre como melhorar a diversidade no plano de sucessão não era algo que “estivesse interessado em ouvir”. Segundo Klawe, Gates respondia a essas sugestões com algo como “Está a tentar destruir a empresa?”, no sentido de indicar que a preocupação com a diversidade em nada estava relacionada com o sucesso da Microsoft.

Já outra ex-funcionária anónima da empresa de Redmond, disse que Gates era direto e honesto. E embora o seu perfil pudesse intimidar alguns funcionários, esclarece que a sua franqueza era apreciada e que “Bill Gates gritava com todos da mesma forma”.

Por sua vez, um atual funcionário da Microsoft disse à Insider que o empresário é “apenas um ser humano estranho no que diz respeito às interações sociais”.

você pode gostar também