Durante a pandemia 75% dos gamers brasileiros passaram mais tempo jogando

Mulheres são a maioria entre a comunidade gamer no Brasil

Crédito: PGB 2021

A oitava edição da Pesquisa Game Brasil (PGB) apontou que 75,8% dos gamers brasileiros jogaram mais no período de isolamento social. Além disso, 72% da população do Brasil joga algum tipo de videogame.

Sexo, classe, etnia

Indo para outra vertente bastante interessante, a pesquisa concluiu que as classes mais baixas da sociedade estão jogando cada vez mais. Com os smartphones se consolidando como a principal plataforma de jogos no Brasil, é possível identificar uma ascensão das classes C1, C2, D e E entre o público gamer, representando quase metade dos consumidores de jogos no país (49,7%). Por outro lado, a população branca ainda é maioria, 46%, enquanto a outra parcela se identificou como parda ou preta (50,3%, na soma)

O histórico permaneceu o mesmo quando se trata do gênero dos participantes: 51,5% do público de jogos eletrônicos do país é feminino.