DIG|ME

Conheça as Melhores Engines Para Desenvolvimento de Jogos

Desenvolvimento de games é uma área promissora, o que chama cada vez mais atenção de quem já gosta do mundo de games e quer unir o útil ao agradável.

Se você já está na área, deve ter outro dilema hoje em dia, afinal existem diversas engines de mercado e nem sempre se sabe ao certo qual escolher.

Pensando em te ajudar, o nosso artigo de hoje trouxe as melhores engines do momento, você vai conhecer as principais características e escolher qual melhor se adapta as suas necessidades.

Construct

é um editor de jogos 2D baseado em HTML5, desenvolvido pela Scirra Ltda. É destinado para não-programadores quanto para programadores experientes, permitindo a criação rápida de jogos, por meio do estilo Drag-and-Drop usando um editor visual e um sistema de lógica baseada em comportamento. Ele também usa o Python como linguagem de script para complementar os jogos e sua interface é bem simples e é um programa bem leve.

A versão Business License, é mais indicada para empresas que trabalham na área.

Para finalizar as informações sobre a Construct, é importante saber que em qualquer versão será possível pagar por funcionalidades extras, como plug-ins ou pacotes de gráfico.

Game Maker

é uma linguagem de programação utilizada pelo Game Maker:Studio, em versões anteriores uma linguagem de script mas agora uma linguagem compilada. Com uma formatação simples, é ideal para o aprendizado e desenvolvimento de jogos básicos e avançados.

Dentro das melhores engines Game Maker não pode ficar de fora, o motivo é simples, estamos falando sobre um das ferramentas mais antiga do mercado de games.

A ferramenta é mais indicada para aquelas pessoas com maior experiência, um iniciante pode se sentir perdido.

Porém, já adiantamos que não é por isso que a Game Maker é de difícil uso ou nada do tipo, ela é simples e bastante funcional, sendo uma forma rápida de criar jogos para as mais diversas plataformas.

Atualmente existem 3 tipos de planos: CreatorDeveloper e Console. Dependendo do plano, o valor pode custar mais de 2 mil reais, por isso muitas pessoas acabam desistindo de desenvolver games a partir da Game Maker.

Quem tem condições de investir, estará realizando uma ótima escolha e certamente não irá se arrepender.

Unreal Engine

é uma ferramenta de jogo desenvolvido pela Epic Games, usado pela primeira vez em 1998 no jogo de tiro em primeira pessoa Unreal, ele tem sido a base de muitos jogos desde então. Embora usado inicialmente para jogos de tiro em primeira pessoa, ele tem sido usado com sucesso em uma grande variedade de gêneros de jogos.

Seu núcleo é escrito em C++, possibilitando a portabilidade. Suporta múltiplas plataformas, incluindo Microsoft Windows, Linux, Mac OS e Mac OS X em computadores pessoais, e os consoles Dreamcast, GameCube, Nintendo Switch, PlayStation 2, PlayStation 3, PlayStation 4, PlayStation 5,[1] Stadia,[2] Wii, Wii U, Xbox, Xbox 360, Xbox One e Xbox Series X.

Quando falamos sobre o poder gráfico desses softwares não podemos deixar de citar uma das melhores engines do mercado. Se você é iniciante e está pensando que não seria uma boa oportunidade para você, viemos mostrar o contrário.

Mesmo sendo utilizado por profissionais o iniciante pode contar com a Unreal Engine, não é necessário saber programação e códigos, outro ponto bem positivo. Tudo isso graças ao sistema de Blueprints, que é uma linguagem de scripts visuais.

Lembrando que mesmo gratuito continua com toda qualidade e com todas as funcionalidades, essa questão de não cobrar mais mensalidade não interferiu em absolutamente nada.

Mas tenha atenção, a partir do momento que o desenvolvedor tenha lucros é necessário pagar 5% em royalties, o valor é cobrado após os primeiros 3 mil dólares por produto e por trimestre.

Unity

Para finalizar o nosso artigo sobre as melhores enginestemos a ferramenta Unity, sendo uma das mais populares desse mercado e considerada a maior concorrente da plataforma Unreal, já citada.

A Unity oferece aos usuários a capacidade de criar jogos em 2D e 3D, ela suporta as seguintes APIs: Direct3D no Windows e Xbox 360; OpenGL no MacOS, e Linux; OpenGL ES no Android e iOS; WebGL na Internet. A Unity usa o MonoDevelop para a criação dos scripts. Os programadores podem usar UnityScript (uma linguagem com sintaxe inspirada pelo ECMAScript, conhecido como JavaScript), C#, ou Boo (que tem uma sintaxe de inspirada no Python). Em 2015 a Unity removeu o suporte a linguagem Boo, em 2017 a Unity anunciou que iria encerrar o suporte da linguagem UnityScript, que estava junto da engine desde sua criação.

Claro que quem possui experiência consegue ter ainda mais facilidade, contudo, em poucos dias qualquer desenvolvedor consegue começar a trabalhar por aqui sabendo sobre programação.

Sim, a programação é um ponto importante dentro da ferramenta já que é constantemente utilizada, e assim como desenvolvedores independentes utilizam muito dessa plataforma, grandes empresas também, temos o exemplo da Disney que usa a Unity.

A versão gratuita oferece ferramentas o suficiente para a criação de um jogo, quando o usuário começa a lucrar, pode optar pelas versões pagas, com outras opções.

Por isso, para quem está começando a questão da gratuidade é positiva e não deixa a desejar, o plano pago é uma opção para quem vai subindo de nível em questão de ferramentas mesmo.

Como podemos ver ao longo do nosso artigo, as melhores engines para desenvolvedores depende muito do seu objetivo ou mesmo do nível que você está.

Sair da versão mobile