Compraria uma placa gráfica usada anteriormente para minerar criptomoedas?

12

Desde meados de 2020 que as criptomoedas recuperaram em força a sua popularidade e elevaram o seu valor para montantes surpreendentes. No entanto, alguns países, como a China, mostraram cartão vermelho à mineração e pagamentos com moedas digitais, o que surtiu num forte abanão neste mercado.

Como tal, muitos mineradores chineses optaram por vender os seus equipamentos a um preço mais reduzido. Dessa forma, na nossa questão semanal, queremos que nos diga se compraria uma placa gráfica usada anteriormente para minerar criptomoedas. Participe.

Compraria uma placa gráfica usada anteriormente para minerar criptomoedas?

A mineração de criptomoedas é uma atividade praticada por milhares de utilizadores em todo o mundo. Recentemente questionámos os nossos leitores e quase metade dos participantes afirmou que tem ou investe nalguma moeda digital.

Mas por muito aliciante que a extração de criptomoedas possa ser, há um outro lado de desvantagens. Em primeiro ligar porque se trata de um mercado altamente instável. Por exemplo, se em abril deste ano o Bitcoin valia mais de 53 mil euros, atualmente está a valer 28.500€. Por outro lado temos as questões ambientais e energéticas e, recentemente, foi notícia que um sistema de mineração aqueceu um lago glaciar em Nova Iorque.

Assim, estas e outras questões já levaram alguns países a meter travão na mineração e nos pagamentos com as moedas digitais. A China foi um desses países e, quase imediatamente a este bloqueio, o mercado das criptomoedas ressentiu-se. Isto porque praticamente metade dos Bitcoins são extraídos do país asiático.

Como consequência, os mineradores chineses começaram a vender as suas placas gráficas, usadas para minerar sobretudo a criptomoeda Ethereum. Neste sentido foram descobertas vendas de GPUs como a GeForce RTX 3070 da Nvidia por apenas 339 euros e a RTX 3060 por 270 dólares.

No entanto, na hora da compra destes equipamentos, há que ter em conta que são gráficas que trabalham intensivamente e submetidas a altas temperaturas durante 24h por semana. Como tal, não se pode esperar que apresentem um desempenho e estado apenas ligeiramente inferior aos modelos novos, mas assim um gasto significativo. Nalguns casos mais extremos, as placas gráficas podem mesmo ficar neste estado.

Assim sendo, queremos então que nos diga se compraria uma placa gráfica usada anteriormente para minerar criptomoedas.

você pode gostar também