Com alta demanda de profissionais de tecnologia empresas oferecem curso de capacitação

77

Mercado de tecnologia registra anualmente déficit de 24 mil especialistas, segundo estudo da Brasscom

Com alta na oferta de vagas e dificuldade para contratação, o mercado de tecnologia registra o déficit de 24 mil especialistas anualmente no Brasil, de acordo com a Brasscom (Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação). Para virar esta chave, empresas do setor começam a oferecer qualificação para a contratação de profissionais, como é o caso da startup eNotas, solução do mercado que automatiza a emissão de NF-e em qualquer lugar do Brasil.

Com o objetivo de promover o conhecimento em TI e fomentar o mercado, a empresa mineira firmou parceria com a Faculdade Cotemig para viabilizar um curso gratuito de formação na linguagem de programação C#, uma das mais difundidas no mundo, sendo considerada uma das melhores opções para se iniciar no mundo da programação. A iniciativa originalmente englobaria 15 jovens, mas devido ao grande interesse gerado, foram oferecidas 20 vagas para profissionais de 18 a 50 anos, sendo 9 mulheres e 11 homens.

Publicações Relacionadas

Entre os profissionais que iniciaram a formação em TI está a administradora Gislene Damasceno, de 50 anos, que já fez curso de programação e conseguiu trabalho na área, mas precisa se especializar para se manter empregada. “Estou aprendendo muito e imagino como deve ser ainda mais fácil para os jovens, que já nasceram na era digital”, declara. “Precisamos acreditar e perceber que o conhecimento em programação é algo novo não só para nós que somos mais velhos, mas também para os próprios jovens, então basta termos foco e força de vontade para entender, porque a tecnologia é o futuro”, acrescenta.

Christophe Trevisani, CEO da eNotas e ex-aluno do Cotemig, afirma que o propósito da iniciativa é contribuir para a formação de futuros profissionais que serão inseridos no mercado de trabalho, bem como avaliá-los para possíveis oportunidades na empresa, nas áreas de desenvolvimento e suporte da startup. “Nós respiramos tecnologia e temos a sorte de vivenciar no dia a dia as diversas oportunidades que o setor traz”, comenta o executivo.

“Acreditamos que quanto mais pessoas conseguirem entrar nesse mundo tech de desenvolvimento de softwares, infraestrutura e assuntos relacionados, aumentamos as possibilidades de solucionar questões complexas existentes no mundo e, por isso, entendemos a importância de incluir e priorizar aqueles que mais precisam de oportunidade”, destaca Christophe.

O curso é resultado da ação solidária realizada na última Black Friday, quando a startup fugiu das tradicionais promoções, que visam apenas descontos em produtos, para realizar a chamada “unBlack Friday eNotas 2020”. Com o repasse de 50% do valor arrecadado em todos os novos contratos firmados, entre 26 e 27 de novembro, a eNotas contratou a Faculdade Cotemig, de forma a viabilizar curso on-line.

Participaram da pré-seleção mais de 180 profissionais de Belo Horizonte e cidades vizinhas, inclusive alunos da Faculdade Cotemig que já estão cursando TI pelo ProUni e candidatos que não conseguiram ingressar no curso por restrição de renda. A escolha dos 20 participantes deu atenção à paridade de gênero e eles serão acompanhados durante o curso por mentores voluntários da startup, que serão responsáveis por auxiliar os estudantes em caso de dúvidas nos exercícios, além de ministrar palestras complementares.

você pode gostar também