Cisco do Brasil anuncia apoio ao BNDES para transformação da educação no País

Apoio é parte do programa de aceleração digital para o país, Cisco Brasil Digital e Inclusivo (BDI)

A Cisco do Brasil anuncia hoje parceria com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para apoio à Iniciativa BNDES Educação Conectada, que tem como objetivo promover projetos de incorporação de tecnologia como ferramenta pedagógica nas escolas públicas de educação básica, testando modelos e criando casos de aprendizado nas diferentes realidades brasileiras. O apoio é parte do programa Cisco Brasil Digital e Inclusivo (BDI), lançado em maio de 2020 para promover e acelerar a digitalização de setores críticos para o país, como educação e saúde.

Os projetos promovidos no âmbito da Iniciativa BNDES Educação Conectada têm como premissa que o uso de ferramentas digitais nas escolas públicas de forma efetiva requer primeiramente a definição de uma visão estratégica para incorporação da tecnologia nas práticas pedagógicas. A partir dessa visão, os projetos preveem ações e investimentos para a implantação dos recursos educacionais digitais, da infraestrutura digital e a capacitação de professores e equipes em práticas de ensino mediadas por tecnologia.

O acordo foi celebrado durante um evento virtual, que contou com participação de executivos da Cisco e do BNDES. O projeto conjunto inclui o desenvolvimento e implantação de um modelo de escola conectada e inteligente em parceria com algumas secretarias de Educação no Brasil, que fazem parte da iniciativa liderada pelo BNDES.

Além da Cisco, a Iniciativa BNDES Educação Conectada tem como parceiros o Ministério da Educação (MEC), Fundação Lemann, Itaú Social, Centro de Inovação para a Educação Brasileira (CIEB), entre outros, que formam um ecossistema de organizações com papéis fundamentais e estratégicos no desenho, implementação e monitoramento dos projetos propostos.

A principal contribuição da Cisco ao programa é participar do desenho, implementação e validação da infraestrutura de conectividade e segurança necessária para viabilizar a transformação das escolas e das práticas pedagógicas educacionais na nova era pós-pandemia, considerando modelos on-line e híbridos de ensino e aprendizagem, que serão fundamentais na digitalização do setor de educação no Brasil.

Além da infraestrutura digital, a Cisco também irá participar e apoiar a capacitação de professores e alunos para a melhor utilização das novas ferramentas e recursos educacionais digitais, entendendo que o sucesso do projeto depende primordialmente de seus envolvimentos para abraçar estas novas ferramentas e perceberem o impacto destas tecnologias durante todo o processo de ensino e aprendizagem.

Estudo sobre o impacto da tecnologia na educação

A Cisco também lança nesta quinta-feira o estudo Escola Conectada, que destaca como o uso de tecnologias aplicadas à educação pode revolucionar a experiência do aprendizado. O trabalho traz um panorama geral da educação no Brasil nas últimas décadas, com dados gerais e exemplos de iniciativas que foram e vem sendo desenvolvidas, e apresenta um panorama futuro sobre quais tecnologias podem ser adotadas no processo de ensino-aprendizado nos próximos anos.

O estudo também trata sobre os impactos da pandemia de Covid-19 na educação, que trouxe a? tona uma série de novos desafios e dificuldades, mas também teve um papel importante para aceleração de testes e usos de mais tecnologias no setor.  

Para acessar o estudo completo, acesse: link