Bitcoin em julho volta a subir mas não fica entre as 5 melhores criptomoedas

24

Durante o mês de julho, o mercado de criptomoedas apresentou um bom desempenho de tokens conhecidos, com destaque para a Luna que subiu 63,6%.

O mercado de criptomoedas continua apresentando oscilações de algumas unidades em específico, mas com destaques para o Bitcoin que voltou a subir em julho, após uma sequência de três meses no negativo. Mesmo com a alta, a criptomoeda ficou de fora do ranking dos cinco melhores tokens do mês, atrás de protocolos de finanças descentralizadas (DeFi). Um deles, inclusive, registrou um aumento de 63,66% durante os últimos trinta dias.

Bitcoin volta a subir após três meses no negativo

De acordo com o levantamento da corretora QR Capital, o Bitcoin subiu 15,26% em julho quando comparado ao real, depois de uma sequência de três meses acumulando uma baixa total de 51,95%. Existem muitas ações que envolvem a ascensão ou decadência de uma criptomoeda, mas como bem sabemos, o Bitcoin foi alvo de duras críticas do bilionário Elon Musk, que depois voltou a flertar com o token e a fez subir novamente.

Ethereum, segunda maior criptomoeda do mercado, também registrou uma alta e subiu 12% no mês de julho.

As 5 melhores criptomoedas em julho

A primeira colocação do mercado durante o mês de julho ficou para a Luna, um token de governança de uma tecnologia de registro distribuído (blockchain) chamada Terra, que registrou 63,66%, quase o dobro do percentual alcançado pela segunda colocada do mês. A alta é resultado da adoção dos protocolos da empresa, em especial as que estão vinculadas ao dólar, onde recebeu um aporte de US$ 150 milhões de fundos durante este período.

Publicações Relacionadas

O segundo melhor desempenho do mês ficou por conta da Aave, token de governança do protocolo de DeFi que viabiliza empréstimos com garantia em criptomoedas. Assim como o Bitcoin, ela vem de uma queda significativa nos últimos meses mas que mostrou grande recuperação para o mercado em geral.

SímboloNomePreço no início do mês (USS)Preço no fim do mês (USS)Variação %
LUNATerra6,56387910,7463,66
AAVEAave250,958108331,3232,02
FTTFTX Token27,52966835,1927,82
AMPAMP0,05780,0725,67
NEONEO36,61350745,8425,19

De acordo com a análise da gestora de fundos, há “sinais de que o mercado começou a voltar para a normalidade”, com quedas esperadas para os “memecoins”, criptomoedas que surgiram a partir de memes da internet, como a Shiba Inu e Dogecoin.

As 5 piores criptomoedas em julho

A QR Capital também divulgou o ranking dos cinco piores desempenhos no mercado de criptomoedas durante o mês de julho. Ao menos 40 tokens foram analisados, e o ranking abaixo inclui aquelas que sofreram oscilações com seus respectivos preços em dólar.

A gestora explica que “qualquer ativo que começou ou terminou o mês (ou o semestre) entre as 40 maiores” foi considerado no ranking. Entre elas temos as já citadas Shiba Inu e Dogecoin como as maiores perdas, além da ICP, FIL e THETA.

SímboloNomePreço no início do mês (USS)Preço no fim do mês (USS)Variação %
SHIBShiba Inu0,0000090,000006-29,21
DOGEDogecoin0,2539680,21-18,19
ICPDFinity49,91465641,93-15,99
FILFilecoin60,40725752,05-13,83
THETATheta Network6,9155246,10-11,72

Fonte: QR Capital e QR Asset Management

você pode gostar também