Binance está sendo investigada pela CFTC sobre atividade comercial nos EUA

32

A maior exchange de criptomoedas do mundo está supostamente sendo investigada pela CFTC sobre facilitação da negociação de derivativos de criptomoedas para clientes nos Estados Unidos.

Binance, a maior bolsa de criptomoedas do mundo em volume de negociação, está supostamente sob investigação pela Comissão de Negociação de Futuros de Commodities dos Estados Unidos, sobre possíveis negociações feitas por clientes nos Estados Unidos.

A Binance Holdings Ltd está sendo investigada pelo órgão fiscalizador a respeito de possíveis negociações de derivativos feitas por clientes americanos, informou a Bloomberg na sexta-feira, após ser informada por uma fonte anônima.

Publicações Relacionadas

A bolsa ainda não foi acusada de qualquer delito, no entanto, os reguladores estão agora tentando determinar se os derivativos de criptomoeda foram comprados e vendidos por cidadãos dos EUA na plataforma Binance.

Um porta-voz da Binance disse ao Cointelegraph: “Não comentamos, por uma questão de política, as comunicações com quaisquer reguladores. O que podemos dizer é que adotamos uma abordagem colaborativa no trabalho com reguladores em todo o mundo e levamos nossas obrigações de conformidade muito a sério ”.

A negociação de derivativos de criptomoeda atingiu novos patamares no início de 2021, com a própria Binance movimentando US$ 59 bilhões no momento da publicação – mais do que o dobro da soma de seu concorrente mais próximo, Huobi Global.

Recentemente, a bolsa de derivativos cripto com sede em Cingapura, Bybit, foi forçada a encerrar suas operações no Reino Unido na sequência da proibição da Autoridade de Conduta Financeira sobre a negociação de derivativos de varejo.

A Binance supostamente impede que usuários de endereços IP dos EUA entrem no site, no entanto, um artigo polêmico da Forbes de outubro de 2020 afirmou que o fundador e CEO, Changpeng Zhao, regularmente incentivava os usuários a empregar uma VPN.

você pode gostar também