Aneel aprova reajuste de quase 10% nas tarifas

13

Foi anunciado hoje pela ANEEL um reajuste nas tarifas de algumas distribuidoras de energia onde tivemos um reajuste de quase 10% nos valores.

Foi aprovado hoje pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) o reajuste das tarifas para consumidores da Energisa Minas Gerais, da COPEL (PR), da Energisa Nova Friburgo e da COCEL (PR). A revisão do valor da cobrança feita pelas companhias de energia é um processo realizado a cada quatro anos pela autarquia vinculada ao Ministério de Minas e Energia no intuito de manter um equilíbrio econômico-financeiro das distribuidoras.

Energisa Minas Gerais

Para a Energisa Minas Gerais, a alta média da tarifa foi de 9,10%. No caso dos consumidores que utilizam alta tensão como, por exemplo, a indústria, o efeito médio será de 12,96%. Enquanto no caso dos usuários de baixa tensão como, por exemplo, residências, haverá um impacto de 8,11%.

A Energisa é uma das empresas responsáveis pela distribuição de energia em Minas Gerais e atende a 471 mil consumidores em 66 cidades do estado.

COPEL (PR)

Publicações Relacionadas

No caso da COPEL (PR), a alta média da tarifa foi de 9,89%. No caso dos consumidores que utilizam alta tensão como, por exemplo, a indústria, o efeito médio será de 9,57%. Enquanto no caso dos usuários de baixa tensão como, por exemplo, residências, haverá um impacto de 10,4%.

A COPEL é uma das empresas responsáveis pela distribuição de energia no Paraná e atende a 4,8 milhões consumidores em 394 cidades do estado.

Energisa Nova Friburgo

Já na Energisa Nova Friburgo, a alta média da tarifa foi de 4,95%. No caso dos consumidores que utilizam alta tensão como, por exemplo, a indústria, o efeito médio será de 9,4%. Enquanto no caso dos usuários de baixa tensão como, por exemplo, residências, haverá um impacto de 3,99%.

A Energisa Nova Friburgo é uma das empresas responsáveis pela distribuição de energia no estado do Rio de Janeiro e atende a 112 mil consumidores no município de Nova Friburgo.

COCEL (PR)

Quando vamos para a COCEL (PR), temos que a alta média da tarifa foi de 10,64%. No caso dos consumidores que utilizam alta tensão como, por exemplo, a indústria, o efeito médio será de 14,08%. Enquanto no caso dos usuários de baixa tensão como, por exemplo, residências, haverá um impacto de 8,52%.

A COCEL (PR)é uma das empresas responsáveis pela distribuição de energia no estado do Paraná e atende a 54 mil consumidores no município de Campo Largo.

você pode gostar também