Amazon libera acesso à blockchain Ethereum em serviço na nuvem

43
Foto: Shutterstock

Acesso foi disponibilizado no Amazon Managed Blockchain, serviço de gerenciamento de blockchains da empresa

A Amazon Web Services, plataforma de computação em nuvem da Amazon, liberou acesso à blockchain Ethereum no Amazon Managed Blockchain, seu serviço de gerenciamento de redes de registro distribuído.

De acordo com anúncio publicado no site da multinacional de tecnologia na terça-feira (2), os clientes da plataforma agora podem facilmente fornecer nós à rede Ethereum em minutos.

“Os clientes têm rede segura, criptografia em repouso (que armazena dados em algum lugar) e em transporte, acesso seguro à rede via APIs Ethereum padrão de código aberto, sincronizações rápidas e confiáveis para o blockchain Ethereum e armazenamento elástico durável para dados contábeis”, disse a gigante.

Ainda de acordo com a Amazon, por meio do serviço os usuários terão acesso a dados sobre a saúde dos nós da Ethereum, bem como às atualizações de software da rede.

Publicações Relacionadas

O acesso ainda não está disponível no Brasil. Por enquanto, acordo com o anúncio, somente clientes de algumas cidades, estados e países podem usar o serviço.

As regiões são as seguintes: Cingapura, Tóquio e Seul, na Ásia; Londres e Irlanda, na Europa; e estado da Virgínia do Norte, nos Estados Unidos.

Amazon, blockchain e criptomoedas

O Amazon Managed Blockchain, serviço da Amazon que permite o gerenciamento e a criação de blockchains, foi lançado em maio de 2019. Desde então, a empresa tem investido tanto na tecnologia que nasceu com o bitcoin como em criptomoedas.

No México, por exemplo, a empresa está contratando desenvolvedores e engenheiros para um projeto de moeda digital a ser lançado no país. O produto, segundo a gigante, permitirá que os clientes convertam seu dinheiro em moeda digital.

Além disso, especialistas acreditam que a Amazon, apesar de evitar falar sobre bitcoin, pode aceitar criptomoedas no futuro.

você pode gostar também