Adeus, SMS! Instagram vai usar o WhatsApp para validação em duas etapas

39

O procedimento de autenticação de login em duas etapas é ainda um dos métodos mais seguros e eficientes atualmente, e o Instagram pode ganhar uma nova forma de validação.

Instagram pretende utilizar o WhatsApp para enviar código de validação para login.

Para promover e garantir a segurança de seus usuários, as empresas têm criado formas de autenticação de conta que muitas vezes cumpre com o seu propósito, interferindo ou no mínimo dificultando o acesso para cibercriminosos. A autenticação de duas etapas (ou dois fatores) é um modo de validação que, de acordo com especialistas, tem se mostrado o mais seguro e eficaz atualmente.

O Instagram, aproveitando o bom proveito da ferramenta, está considerando incrementar ainda mais essa função, com o objetivo de torná-la mais prática. De acordo com informações recentes, a rede social pretende utilizar o WhatsApp para efetuar essa segunda validação no momento do login.

O que muda?

Publicações Relacionadas

Atualmente, a autenticação em duas etapas do Instagram funciona da seguinte forma: ao tentar fazer o login em um novo dispositivo utilizando seu email, nome de usuário e senha, a plataforma envia um código por SMS que você precisa digitar de volta na página de login e confirmar que é você mesmo que está solicitando o acesso a sua conta.

A mudança envolve substituir o modo de recebimento do código que será realizado pelo WhatsApp, ao invés do SMS. A descoberta dessa função partiu do desenvolvedor italiano Alessandro Paluzzi, que divulgou a novidade em sua conta no Twitter. As imagens mostram o menu de configurações do recurso que sugere a opção de recebimento via WhatsApp, mas fica a critério do usuário escolher a melhor forma de autenticar o login de sua conta.

Essa seria uma forma do Instagram, rede social que pertence ao Facebook, aproveitar ainda mais a criptografia integrada nas conversas do WhatsApp, o qual é um dos motivos de orgulho da rede social em si. Mesmo assim, é importante lembrar que o método de autenticação de dois fatores pode ser contornado pelos criminosos por meio de um processo que chamamos de engenharia social. O próprio WhatsApp é um exemplo recente disso.

Apesar da descoberta, o Instagram ainda não confirmou a incrementação da função. Fontes confiáveis como a página do WABetaInfo já dão o lançamento do recurso como certo.

você pode gostar também