5 maneiras de enfrentar a frustração e aguardar uma nova colocação no mercado de trabalho

Você está procurando por um emprego há meses e, embora fique otimista e confiante de que a vaga certa irá aparecer, na maior parte dos dias a sua vontade é nem levantar da cama.

Afinal, você sente que faz tudo certo, mas nada funciona. Você atualizou seu currículo muitas vezes, se candidatou a mais empregos do que pode contar e até tentou encontrar o gerente de contratação no LinkedIn. Mas, apesar dos esforços, raramente é chamado para entrevistas e as entrevistas normalmente não se transformam em ofertas de emprego reais.

Agora, você se encontra em uma situação clássica de esgotamento e a ideia de desistir e permanecer no emprego atual ou simplesmente parar de explorar outras opções pode parecer muito tentadora.

Procurar um emprego pode ser uma dor de cabeça constante, especialmente quando você sente que está fazendo tudo o que pode para conseguir aquele trabalho que vai adorar. A chave é não desistir – esteja disposto a se reajustar conforme o tempo for passando e permaneça focado no objetivo final. Quando feita da maneira certa, a busca será simplesmente uma experiência temporária que resultará em um ganho de longo prazo com um trabalho mais valorizado.

Veja a seguir, cinco maneiras de superar a frustração enquanto procura por um emprego:

Crie uma programação realista

Quando você está tão pronto para algo novo, pode ser tentador querer fazer o máximo possível para mudar sua situação atual. Mas, se você está procurando emprego 24 horas por dia, 7 dias por semana ou se sentindo culpado quando não está na frente de seu notebook enviando currículos, então talvez seja hora de ter um pouco mais de planejamento na sua busca por uma vaga. Quer você perceba ou não, o esgotamento afeta sua capacidade de ser produtivo, e se esforçar mais do que o necessário só irá piorar as coisas.

Além disso, seu objetivo deve ser gastar tempo de qualidade na busca por um emprego, não mais do que o necessário. Portanto, reserve as horas de busca com base nos seus compromissos pessoais, horários de trabalho e flexibilidade. Isso pode significar reservar um tempo entre 19h e 21h00 terças e quartas-feiras, mas pulando às quintas-feiras porque você geralmente trabalha até tarde nessas noites. Dessa forma, quando for o momento de se concentrar naquele objetivo, você poderá fazer isso sem distrações e, quando for hora de se dedicar às suas outras prioridades, você poderá fazer isso sem culpa.

Faça uma caixa de incentivos

Quando você se sente rejeitado depois de uma entrevista de emprego mal sucedida, talvez se pergunte se conseguir um novo trabalho é algo realmente possível nesse momento. Além disso, toda vez que você vê ou conversa com alguém que parece estar tendo a mesma dificuldade, pode começar a sentir que é assim que as coisas devem ser agora, o que pode levar a sentimentos de derrota ou desânimo.

Outra maneira de ajudá-lo a vencer o esgotamento e a fadiga na busca por uma nova vaga é criando uma caixa de incentivo. Não precisa ser uma caixa literal. Pode ser um arquivo que você mantém em seu computador e que pode olhar sempre que começar a duvidar da própria capacidade. Nele, você vai listar motivos e evidências de que é possível conseguir um novo emprego. Pode ser capturas de tela do LinkedIn de pessoas comemorando seus novos empregos no meio de uma pandemia, uma notícia positiva sobre o mercado de trabalho ou uma mensagem de texto encorajadora de alguém especial. Seja criativo – o segredo é buscar fatores positivos que irão inspirar e motivar você durante seus dias ruins.

Mude sua perspectiva

Sempre digo que a procura por emprego é um trabalho de tempo integral porque você passa metade do tempo duvidando e se questionando. Mas, para vencer o esgotamento dessa fase, é necessário redefinir sua perspectiva. Recentemente, uma das minhas clientes entrou em contato comigo se sentindo frustrada porque ainda não havia conseguido nenhuma entrevista. Meu conselho para ela foi: “E se nas próximas duas semanas, por causa do esforço que você decidiu fazer nesta, você for capaz de conseguir entrevistas incríveis? Ou se, daqui a três semanas, você estiver na rodada final do processo de entrevista em uma empresa incrível porque decidiu continuar hoje?”

Você pode usar sua imaginação para ficar ainda mais preocupado ou para visualizar as coisas funcionando perfeitamente bem para você. Felizmente, minha cliente decidiu seguir meu conselho de focar sua energia nos processos seletivos e, uma semana depois, ela estava comemorando uma entrevista em uma empresa em que estava animada para fazer parte.

Você sabe como funciona: depois de receber um e-mail dizendo “não” ou de um dia terrível no trabalho, acessar seus sites favoritos de vagas e começar a enviar currículos o mais rápido possível parece o certo a se fazer. Então, nos dias seguintes, seu humor continua a piorar à medida que mais e-mails rejeitando seu perfil chegam à sua caixa de entrada. O que deveria o ajudar a se sentir melhor só acaba o esgotando ainda mais.

Mas, assim como você deve estabelecer limites no seu tempo, você também deve limitar o tipo de trabalho que está disposto a procurar se quiser dar um jeito na cansativa jornada em busca de um emprego. Em vez de entrar em pânico e se candidatar ao maior número possível de vagas, candidate-se apenas para aquelas em que você está realmente interessado. Fazer isso tornará todo o processo bem mais agradável do que se você simplesmente encaminhasse muitos currículos e esperasse pelo melhor.

Visualize um novo você

Se você é o tipo de pessoa que quer conseguir um novo emprego que o desafie, que aproveite suas habilidades que estão adormecidas e que lhe permita causar um impacto no mundo, bom, então há mais uma maneira de vencer o esgotamento e está claro o porquê. Quando a procura por um emprego parece estar se arrastando por meses e você fica tentado a aceitar o que aparecer, responda para si mesmo por qual razão vale a pena continuar atrás do que você realmente deseja. Pergunte-se: por que conseguir um emprego melhor é importante para você agora? Como conquistar a vaga ideal irá melhorar você ou outras áreas de sua vida? Fora da carreira, o que o motiva a dar esse próximo passo? Ter clareza sobre o porquê da sua busca e imaginar uma versão sua mais realizada e confiante o ajudará a continuar nessa caçada até quando as coisas ficarem difíceis.