4 tendências de segurança residencial em que você precisa ficar de olho

Security system setting.

Com o advento de novas tecnologias e ferramentas, diversas transformações têm acontecido em várias atividades econômicas e na sociedade como um todo. Nesse contexto, também têm surgido novas tendências de segurança residencial. Por isso, é necessário estar por dentro das principais novidades e atualizado para não ficar defasado no mercado.

Ficando por dentro das principais inovações, você poderá oferecer melhores serviços aos seus clientes. Como eles estarão mais tranquilos em relação à segurança da residência, aumentam-se as probabilidades de eles voltarem a comprar da sua empresa ou recomendá-la aos amigos.

Imaginamos que você deva estar muito interessado em saber mais sobre esse assunto. Pensando nisso, neste artigo, apresentaremos quais são as principais tendências do mercado de segurança residencial. Acompanhe a seguir.

1. Câmera de infravermelho

Essa é uma ferramenta muito importante, afinal de contas, muitos dos ataques acontecem no período noturno, quando há pouca luminosidade e uma menor movimentação ao redor. Essas câmeras foram desenvolvidas justamente com a intenção de resolver esse problema, pois o equipamento tem a capacidade de captar imagens em ambientes escuros.

Vale destacar que todas as imagens podem ser acessadas em tempo real e armazenadas no sistema de monitoramento remoto. Dessa forma, a pessoa conseguirá ter acesso à imagem no momento em que for necessário.

2. Controle de acesso

As portas do imóvel também poderão ser fechadas e abertas de forma remota. O usuário terá a opção de cadastrar quais são as pessoas que ele receberá (por exemplo, amigos, parentes, prestadores de serviços etc.). Caso alguém não autorizado queira entrar, o proprietário será avisado pelo celular.

3. Fechadura digital

Elas já estão presentes em alguns condomínios fechados do país. Nesses locais, os moradores não precisam mais de chave para entrar em casa. Isso evita alguns problemas desagradáveis, como perder ou esquecer as chaves.

Existem vários tipos de fechaduras digitais. Algumas podem funcionar com senhas, outras por meio da biometria Ainda há aquelas que podem ser destrancadas pelo celular, o que facilita bastante a vida das pessoas que têm dificuldades de mobilidade.

4. Monitoramento remoto

Esse sistema possibilita que o proprietário do imóvel verifique as imagens de todo o Circuito Fechado de Televisão. Dessa forma, a pessoa tem acesso imediato a todas as partes da residência que contam com câmeras de segurança.

Vale a pena destacar que o acompanhamento pode ser feito por diferentes dispositivos. Entre eles, estão os computadores, smartphones ou tablets. Com isso, torna-se possível fazer o monitoramento de onde a pessoa estiver. Muito prático, não é mesmo?

Como vimos, o mercado de segurança residencial tem passado por diversas transformações devido às novas tecnologias. Portanto, é fundamental estar atualizado e oferecer essas novidades aos clientes. Isso porque a oferta dessas ferramentas pode ser um diferencial para o seu negócio, contribuindo para que a sua organização venda mais e, consequentemente, ganhe espaço no mercado.